Jorge Gonçalves Odontologia

Referência

odontológica

Implante Prótese

Jorge Gonçalves

Serviços Odontológicos LTDA.

Projeto Dentista da Floresta

Previna a cárie, uma doença transmissível!

A cárie é uma doença transmissível e infecciosa. Para que a cárie ocorra é necessária a associação entre três fatores: placa bacteriana, dieta inadequada e higiene bucal deficiente. Quando o açúcar entra em contato com a placa bacteriana, formam-se ácidos que serão responsáveis pela saída de minerais do dente.

A placa bacteriana é uma espécie de película composta de bactérias vivas e de resíduos alimentares que se depositam sobre e entre os dentes.

Todos dentes são mais susceptíveis à cárie quando erupcionam, pois ainda não estão com a calcificação completa. Isso só será um problema se houver acúmulo da placa bacteriana sobre os dentes, pois esta permitirá que a lesão se inicie. Portadores de deficiências físicas ou mentais que apresentam dificuldades na limpeza dos dentes devem ser supervisionados durante a escovação.

Os alimentos que provocam cáries:

Aqueles que apresentam açúcar na sua composição: os doces, as balas, os caramelos, os chocolates, os chicletes e os refrigerantes. Existem alguns alimentos que escondem o açúcar na sua composição, como a mostarda e o ketchup. Esses alimentos podem ser consumidos, junto às principais refeições, seguindo-se a escovação.

A freqüência com que se come o açúcar é muito importante: A cada ingestão de açúcar, os seus dentes ficam expostos aos ácidos produtores de cárie durante 20 minutos.

O açúcar também pode estar presente em medicamentos líquidos e em forma de xarope. Depois de ingeri-los, é preciso escovar os dentes.

Os alimentos que protegem os dentes:

Queijo e o leite são considerados protetores dos dentes porque apresentam alto conteúdo de cálcio e fosfatos, que protegem contra a desmineralização do dente.

A identificação das lesões de cárie pode ser feita através da visão direta dos dentes e do emprego do fio dental. Se o fio dental ficar preso entre os dentes, atenção, isso também pode ser um sinal de lesão de cárie.

Antes de observar o dente, remova a placa bacteriana que a recobre. Faça o auto-exame após escovar seus dentes e em local bastante iluminado.

Procure alguma alteração de cor como manchas brancas ou acastanhadas na parte superior dos dentes (sulcos e fissuras) e entre os dentes. Em um estágio mais avançado da cárie, as manchas podem evoluir para cavidades e os sintomas já começam a aparecer: dor quando mastigamos alimentos doces ou quando bebemos algo quente ou gelado, causando desconforto e mau hálito.

O flúor é um importante auxiliar no combate à cárie pois previne a saída de minerais do dente e favorece a remineralização, que é a entrada de minerais em pequenas lesões de cárie antes que elas se tornem cavidades.

A limpeza deve ser realizada sempre após as principais refeições e antes de dormir. Visite seu dentista regularmente para que ele possa, através do exame clínico, controlar sua saúde bucal.



Depoimentos

Dicas de Saúde

+Ver todas